Saturday, November 11, 2006

IHU! Palm LifeDrive

YEP! Depois de me consultar com os gurus César e coredump, comprei um Palm LifeDrive. Valeu cada centavo, vou lhes mostrar por que:


- O LD não é um simples computador de mão. A Palm o classifica como "Mobile Manager", principalmente por causa do seu grande diferencial: um HD interno Toshiba de 4gb.


- Os specs parecem bons, mas não tenho como comparar com outros produtos


- O display é FODA. Uma tela TFT de 320x480, que você pode virar - isso é, você pode usá-lo em pé ou "de lado".


- Comprei o kit com o teclado dobrável + roteador Wireless D-Link. O teclado dobrado fica bem pequeno, mas desdobrado é do tamanho de um teclado de notebook. Funciona sem fio, com infra-vermelho. Dei a mancada de deixar a pilha lá dentro, e descarregou bem rápido. Fora isso, excelente. Comprei umas pilhas recarregáveis, e tá massa.


 lifedrive-keyboard1.png


- Ele aceita cartões SD, portanto posso secar o cartão de 128Mb da minha câmera Sony pros exagerados 4Gb do LifeDrive. Par perfeito.


- O wireless funciona bem tanto com o D-Link DI-524 que veio no Kit como com o AP wireless no meu trampo. Ambos em modo WPA-PSK. Aliás, funcionou melhor depois da atualização.


- Com o wireless, navego tranqüilo na web usando o navegador Blazer. A velocidade é boa, e é possível renderizar a página com ou sem as imagens e folha de estilos CSS. Funciona bem por exemplo pra ler o digg.com, que não foi feito pra PDA. O meu blog também fica legal, idem o Planeta Asilo Arkhan. Da pra fazer toilet surfing numa boa :-).


- Comparando o navegador web padrão e o Mini Opera, dão na mesma. Nenhum deles resolve o maior problema, que é não manter a página atual aberta se eu alternar para outro programa.


- Para acessar e-mails, posso usar tanto o Gmail diretamente, usando a interface mobile (http://m.gmail.com), ou o VersaMail, o cliente de e-mail padrão. Aliás, gostei paca desse coiso. Ele tem configs prontas pra tudo que é sistema de e-mail público ou famoso (Hotmail, Gmail, Yahoo, etc), e funciona com IMAP, POP e MS Exchange. O suporte a POP e IMAP foram aprovados - tanto em casa (com o meu domínio hospedado no gmail, @cetico.org) quanto no trampo (com servidor Dovecot). Senti falta da organização em threads - que tenho se usar o gmail de diretamente. A melhor opção, entretanto, é usar o Gmail Application ( http://gmail.com/app ). Fico devendo um howto de como fazer o Gmail Application funfar com o LifeDrive (em resumo, instale a JVM da IBM e force a instalação do Gmail App)



gmail-app.png


- O WiFile se mostrou um recurso duca. É um cliente SMB/CIFS que permite se conectar a outros computadores na rede e transferir arquivos. Esse é o tipo de recurso que me causa EMOÇÃO. Testei no trampo e funcionou.


- Só pra citar, tem também as coisas esperadas, mas extremamente úteis, como o reprodutor de músicas (lembre-se: são 4 Gb só o HD), o Documents to Go, que lê MS Word, Excel e PowerPoint. Rola PDF também, mas tanto no Acrobat Reader como no PalmPDF ficam bem foda de ler porque mostram as páginas "in natura" - dai a fonte fica muito pequena. O ideal é converter o pdf usando pdf2html e abrir usando o Plucker, que é um leitor de eBook do capeta.


- Tem também calendário, visualizador de imagens, contatos, etc etc. Como me disse o César, o PIM do Palm é do cacete.


- Isso é meio óbvio, mas ele funfa com estação Linux também - no Ubuntu, o gnome-pilot já vem instalado por padrão, portanto é fácil sincronizar o Evolution com o PIM do Palm.


Agora as coisas mais legais:



- Ele tem bluetooth. Usei o celular do Marcelo Lemos pra testar, e enviei um SMS pro meu celular usando a Stylus (aquela canetinha ESQUEMA pra escrever em Graffiti). Aliás, troquei o meu pelo Graffiti original, que é bem melhor. A Palm teve problemas de licenciamento do Graffiti com a Xerox, portanto criou o Graffiti 2.
- Tem um port do ScummVM pro Palm OS. Sim, rola jogar DOTT no LifeDrive :-).


LifeDrive ScummVM


Vou esperar sair a nova versão do PalmOS, e torcer pra ser a versão em Linux (ALP) sendo desenvolvido pela Palm Source, porque todos dizem que o PalmOS ficou pra trás, se comparado ao Windows Mobile. Linux com GTK, eu quero.